Portugal nos cinco piores no tratamento aos mais velhos

12/07/2011 Uncategorized

No Diário de Noticias de 10 de Julho de 2011 surge uma noticia algo constrangedora  sobre a população mais idosa. Essa noticia baseia-se numa listagem feita pelo jornal, onde traça que 53 países europeus, da OMS, como é o caso de Portugal Continental está no grupo dos cinco piores no tratamento aos mais velhos: 39% dos nossos idosos são vítimas de violência.
A Organização Mundial de Saúde (OMS), instituição que procura entre outros processos analisar e avaliar através de um Relatório de Prevenção contra os Maus Tratos a Idosos, as ofensas dos últimos cinco anos contra os mais idosos, num cosmos de 53 países europeus, é clara: “Portugal tem um sério enigma no que preza aos maus tratos contra idosos.”
E o panorama é oprimido e dramático: quase 40% dos nossos idosos são vítimas de abusos. Desta lista negra fazem parte apenas mais quatro países: Sérvia, Áustria, Israel e República da Macedónia.
Nos dias de hoje, por cada dia que avança no mês e mesmo no ano, no continente Europeu, cerca de quatro milhões de pessoas idosas padecente de vexações, enxovalho, quer físico quer anímico. Estalada, socos, peanha, escaldadelas no físico e cortes intencionais são algumas das investidas mais comuns efectuadas sobre os mais velhinhos.
 

Apenas membros podem comentar. Login ou Registe-se!
john kray
27/09/2011
Responder

Portugal needs to review its health care structure and to evaluate its most recent reforms within the general welfare structure. Needless bureaucracy and professional pedantry play a significant part in escalating many of the negative social aspects within the country’s communities. Complacency also contributes to the melee – again, primarily within the professional structure of general and specialised care. The system of care and support has progressively deteriorated over the years leaving, not just the elderly, but also the young vulnerable to abuse.